In SALA DE IMPRENSA

O Legado das Águas, maior reserva privada de Mata Atlântica do país, realiza o 2º Workshop Orquídeas na Mata Atlântica, de 25 a 27 de maio. Serão três dias atividades práticas na reserva. O evento faz parte do projeto “Orquídeas do Legado das Águas”, que tem o objetivo de conservar a família Orchidaceae e já documentou mais de 200 espécies desde seu início, em dezembro de 2015.

Durante os três dias no Legado das Águas, os participantes realizarão atividades de observação de orquídeas no habitat, resgate e realocação, trilhas, saída de barco, visita a comunidade tradicional, além de receber dicas para auxiliar no cultivo de orquídeas nativas em casa. Temas como rega, adubação, escolha do substrato, métodos de cultivo, divisão de plantas, pragas, doenças e como escolher plantas saudáveis estarão em destaque, partindo da experiência de como elas vivem e se propagam em seu habitat natural e no Orquidário do Legado.

“As orquídeas têm grande potencial ornamental, medicinal e alimentício, por isso estão entre as famílias de plantas mais cultivadas no mundo. Infelizmente, temos o problema da coleta ilegal dessa espécie. Nosso trabalho busca conhecer e conservar as orquídeas, que são importante indicador de qualidade das florestas”, afirma Luciano Zandoná, biólogo especialista em orquídeas, que ministrará o Workshop.

Durante as atividades, os participantes visitarão também o viveiro de mudas nativas do Legado das Águas, o telhado verde e o orquidário, além de acompanharem resgate e realocação de orquídeas nas trilhas Reserva e ao longo das margens do Rio Juquiá, em um passeio de barco.

O workshop incluí hospedagem em quarto individual com pensão completa em alojamento. Mais informações e reservas pelo e-mail zandonaconservacao@gmail.com

Orquídeas do Legado das Águas

O projeto “Orquídeas do Legado das Águas” consiste no resgate de orquídeas que caem naturalmente das árvores e que morreriam se permanecessem no chão da floresta. Após o resgate, as orquídeas são tratadas no orquidário e realocadas em árvores ao longo das trilhas presentes no Legado das Águas.

As orquídeas são uma espécie delicada, que dependem de diversos fatores para se estabelecer: a associação com fungos para a obtenção de nutrientes necessários à germinação de suas sementes; polinizadores específicos para a fecundação das flores; e condições ambientais específicas, como umidade, temperatura e luminosidade.

“Os resultados obtidos nos quase dois anos e meio de pesquisa reforçam o trabalho de conservação e educação ambiental realizado em todo o Legado das Águas e, em especial, com as orquídeas, que só são encontradas em florestas maduras e bem conservadas”, diz a gerente executiva da Reservas Votorantim, Frineia Rezende.

Digite algum termo e pressione enter para pesquisar

X