Biotecnologia

O Legado das Águas, a maior reserva privada de Mata Atlântica do Brasil, não é um valioso patrimônio apenas pelo que oferece ao visitante em termos de riqueza da biodiversidade.

Ele também representa uma oportunidade espetacular de desenvolvimento de novos produtos a partir do DNA das espécies ali encontradas. Fazer o levantamento das espécies mais promissoras tem sido o trabalho de Mauro Rebelo, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pesquisador do Bio Bureau Tecnologia, start up parceira.

“Em dois anos de trabalho sequenciamos o DNA de 57 plantas nativas. Com isso, estamos montando o maior banco de dados digital da Mata Atlântica. É um trabalho pioneiro de pesquisa aplicada que, em breve, poderá dar origem a várias aplicações”, revela o professor.

Um dos principais objetivos da pesquisa é buscar, dentre as espécies investigadas, proteínas que possam ter interesse comercial para serem aplicadas na indústria. “A biotecnologia é uma área muito promissora. Após mapearmos geneticamente mais espécies haverá novas linhas inovadoras de pesquisa, o que irá criar mais um modelo de negócio para a reserva”, comenta Rebelo.

bio

Digite algum termo e pressione enter para pesquisar

X